CRMV-RS
CRMV-RS
portugues espanhol ingles
CRMV-RS participa da cerimônia que marca início das operações do Hospital Veterinário Feevale
17/12/2021

Animais de pequeno, médio e grande portes ganham uma nova opção de atendimento no Vale do Sinos, em uma estrutura moderna que une a atenção aos pacientes ao aprendizado dos acadêmicos do curso de Medicina Veterinária da Faculdade Feevale. Na manhã desta quinta-feira (16), uma cerimônia marcou o início das operações do Hospital Veterinário Feevale (Hovet), um dos maiores e mais modernos do Brasil e da América Latina. “Este é um marco muito significativo na Medicina Veterinária do Estado, pois o hospital veterinário servirá não apenas para a questão acadêmica, mas também para atender à demanda da comunidade e da região”, destaca o presidente do Conselho Regional de Medicina Veterinária do Rio Grande do Sul (CRMV-RS), Mauro Moreira, que participou do evento.


A Associação Pró-Ensino Superior em Novo Hamburgo (Aspeur), mantenedora da Universidade Feevale, investiu R$ 22 milhões na obra e em equipamentos. O Hovet foi construído em um lote de 7.544,44 m², doado pela Prefeitura Municipal de Campo Bom e localizado na Rua Alameda da Inovação, 212, no Câmpus III da Universidade. A obra é composta por duas edificações, com área total construída de 4.117,35 m². O Bloco 1, com 2.605,28 m², tem dois pavimentos, destinados ao atendimento de animais de pequeno porte. Ainda conta com salas de aula e laboratórios específicos do curso. O Bloco 2, com área de 1.512,07 m², também tem dois pavimentos e é voltado ao atendimento de animais de grande porte. Além disso, há espaços ao ar livre, área de convivência e dormitórios.   

 

Depois do prédio ter sido entregue em 28 de junho deste ano, recebeu os equipamentos e agora dará início às atividades de ensino, com aulas práticas do curso de Medicina Veterinária, e de extensão, com o atendimento de animais de canis municipais, por meio de parcerias com prefeituras da região. Em fevereiro, com o reinício das aulas, começarão os atendimentos clínicos e laboratoriais a animais da comunidade e, no segundo semestre de 2022, os procedimentos cirúrgicos.


“Temos registrados, no Conselho, cerca de 22 mil médicos veterinários e 13 mil empresas, o que mostra que participamos efetivamente da economia do Rio Grande do Sul. Quando um espaço como esse é inaugurado, nós movimentamos a economia, e isso é bom para a comunidade”, pontua o presidente do CRMV-RS., que acompanhou a visita guiada, comandada pelo pró-reitor de Pesquisa e Extensão da Feevale, médico veterinário Fernando Spilki. 


No hospital, há ambientes para atividades práticas do curso de Medicina Veterinária e atendimentos hospitalares, como consultórios, laboratórios, ala de internação, recepção, triagem, bloco cirúrgico, ala de oncologia e fisioterapia, entre outros. “Temos um amplo bloco para animais de pequeno e médio porte, com clínicas, laboratórios e salas de cirurgia e internação, e outro para grandes animais, incluindo clínica cirúrgica e espaço para internação”, afirma o coordenador do curso, Matheus Nunes Weber, acrescentando que também serão realizados exames laboratoriais no local. “À medida que avançarmos no treinamento e capacitação das equipes, bem como na implementação dos equipamentos, os serviços serão disponibilizados e divulgados a toda a comunidade”, concluiu.


Mauro Moreira enfatiza que médicos veterinários e zootecnistas podem trabalhar em mais de 80 áreas, e que os profissionais são responsáveis pelo grande sucesso do agronegócio do Rio Grande do Sul. “Participamos do PIB do Rio Grande do Sul com pesquisas e incremento de produção, e isso nós queremos mostrar também para a comunidade do Rio Grande do Sul e para a comunidade de Campo Bom”, diz o presidente do CRMV-RS, ao destacar que referencias como grandes centros de ensino podem ajudar a divulgar mais as áreas em que esses profissionais estão aptos para exercer atividades.


Marcelo Clark Alves, presidente da Associação Pró-Ensino Superior em Novo Hamburgo (Aspeur), mantenedora da Universidade Feevale, salientou que este é um momento de muito orgulho para todos. “Estamos entregando este espaço não só para a comunidade de Campo Bom, mas para as comunidades da região também, que terão esse hospital como uma base de referência para o atendimento veterinário. Aqui também teremos pesquisa, que é algo que faz parte do nosso DNA”, afirmou.  


O presidente da gestão anterior da Aspeur, Roberto Cardoso, enfatizou que, a partir de agora, considera cumprida a missão da mantenedora e executora da gestão econômica, financeira e patrimonial da Feevale. “Com a entrega desta obra, estamos proporcionando condições materiais e estruturais para o desenvolvimento das atividades acadêmicas da nossa universidade. Aos alunos que aqui buscarão o aprimoramento de sua formação acadêmica e profissional, desejamos sucesso e que possam desfrutar desse ambiente com o máximo de aproveitamento”, disse.

 

O presidente da Câmara Municipal de Campo Bom, Alexandre Hoffmeister, afirmou que, desde a criação do parque tecnológico, na década de 1990, a Feevale surpreende com seus investimentos. “O Legislativo confia na Universidade, tanto que todas as votações que envolvem a Feevale têm unanimidade. Essa parceria é muito importante e mostra como sempre acreditamos nessa universidade. Hoje é um sonho que se torna realidade, é um orgulho imenso para Campo Bom termos o Hospital Veterinário Feevale”, frisou. 


Segundo o prefeito de Campo Bom, Luciano Orsi, a Feevale tem fundamental importância para o município. “Este hospital mostra toda a dedicação e desprendimento que Feevale teve para investir, em um momento em que as universidades, de uma maneira geral, tiveram que se reinventar. A comunidade de Campo Bom vai ter acesso a diversos procedimentos, o que vai qualificar a nossa ação junto à causa animal no município de Campo Bom. Essa ação é fruto de pessoas que se importam, que trabalham e que querem ver o crescimento da nossa região”, disse.


O reitor da Feevale, Cleber Prodanov, destacou que o Hospital possui alta complexidade e também é um local de pesquisa, onde serão desenvolvidos fármacos, vacinas e alimentos para animais. “O espaço será muito importante para a formação profissional, mas também para o desenvolvimento social e econômico da nossa região. Obrigado a todos que colaboraram para que os nossos alunos tenham um hospital de qualidade. Sempre falamos que inovar é humano e, hoje, eu também digo que inovar é animal”, finalizou. 

 

Alguns espaços do Hospital
  
- Laboratório de Bioquímica e Hematologia
- Laboratório de Microbiologia
- Laboratório de Bromatologia e Inspeção de Alimentos
- Laboratório de Reprodução Animal
- Laboratório de Patologia                                                            
- Biotério
- Serviço de Diagnóstico por Imagem
- Salas de atendimento
- Salas cirúrgicas para grandes e pequenos animais
- Internação de grandes e pequenos animais
- Oncoterapia
- Reabilitação Animal  
 


Sobre o curso 
 
O curso de Medicina Veterinária da Feevale visa formar profissionais capazes de atuar nas áreas da clínica médica de animais de companhia e de produção, bem como auxiliar em aspectos da produção animal e da saúde humana, promovendo a saúde de alimentos, o desenho de testes diagnósticos e o combate de doenças infecciosas em animais e em seres humanos. O profissional estará apto para diversas atividades, seja na biologia molecular, na cirurgia, no uso da melhor terapêutica para animais ou no estudo do desenvolvimento de novos tratamentos. Além de contar com uma infraestrutura diferenciada, o curso possui docentes doutores em diversas áreas do conhecimento, desde as básicas até as aplicadas da clínica ou da nutrição animal.

 

Com informações da assessoria de comunicação da Feevale