CRMV-RS
CRMV-RS
portugues espanhol ingles
CRMV-RS destaca importância da Saúde Única
03/11/2022

Trabalhar na disseminação do conceito de saúde única #onehealth é o objetivo das organizações globais independentes que escolheram o 3 de novembro para celebrá-la.

 Apesar de envolver profissionais e fatores multidisciplinares, a possível origem zoonótica do vírus SARS-CoV-2 voltou a atenção mundial ao conceito.

Além disso, segundo dados corroborados pela @who Organização Mundial da Saúde (OMS), quase 75% das doenças infecciosas emergentes que afetam humanos tiveram origem animal. Alguns exemplos são o ebola, a febre amarela, a raiva e a gripe aviária. Para completar, 80% dos agentes com potencial de uso como armas de bioterrorismo são patógenos zoonóticos.

O Sistema CFMV/CRMVs apoia a incorporação e aplicação do conceito de saúde única por todos os agentes envolvidos com a saúde humana, animal e a preservação do meio ambiente. O envolvimento de múltiplos atores é fundamental para o desenvolvimento de estratégias inovadoras, a incorporação de tecnologias e a inovação para vigilância e controle de doenças.

De hoje (3) a sábado, será realizado o IV Simpósio Internacional de Saúde Única, que vai debater, no auditório da @pucproficial, o futuro do tema sob a ótica da humanização, da bioética e dos direitos dos seres vivos. Será possível acompanhar o evento on-line. Mais informações no perfil do @crmvpr e no site do #CFMV.

“A abordagem de ‘uma saúde’ vai além das doenças zoonóticas emergentes. Enraizada na compreensão da interdependência dos sistemas feito pelos seres humanos e naturais, coloca em evidência questões globais, como contaminação ambiental, perda de diversidade, degradação da função ecossistêmica e resistência antimicrobiana”, escreveu a Comissão Nacional de Saúde Pública do CFMV, na Revista CFMV 85 (2020).