CRMV-RS
CRMV-RS
portugues espanhol ingles
Membro de comissão assessora do CRMV-RS participa de debates que nortearão 17ª Conferência Nacional de Saúde
17/11/2022

O médico-veterinário, Thiago da Silveira Peracchi de Barcellos, membro da comissão de Tecnologia, Inspeção e Higiene Alimentar do Conselho Regional de Medicina Veterinária do Rio Grande do Sul (CRMV-RS) participou, de 8 a 10 de novembro, do IX Seminário Nacional de Saúde Pública Veterinária e do IX Fórum das Comissões de Saúde Pública Veterinária do Sistema CFMV/CRMVs. 

O Seminário debateu fatores sanitários relevantes em relação a zoonoses e as suas implicações em uma política de Saúde Única como ferramenta de alternativa para o avanço desse controle. Também promoveu a elaboração de propostas que serão encaminhadas para a 17ª Conferência Nacional de Saúde, marcada para julho de 2023.

“Os eventos foram muito importantes para a saúde pública no contexto geral e contou com a presença de quase todos os conselhos regionais de medicina veterinária. As comissões foram muito felizes na realização do evento pela relevância do assunto principal, já que estamos saindo de uma pandemia e percebemos a existência de vários outros agentes com potencial pandêmico, e em todos os casos se percebe essa relação da interação do ser humano, dos animais e do meio ambiente”, disse Barcellos. 

A finalidade dos eventos foi incluir o médico-veterinário como agente de saúde pública em políticas, legislação, pesquisa e programas de múltiplos setores, bem como em equipes multiprofissionais e transdisciplinares para a promoção integral da saúde humana, animal e dos ecossistemas. “O surgimento de surtos, de epidemias e pandemias e a consequente ocorrência de doenças vêm dessa falha, nessa interação (ser humano, animais e meio ambiente), então fica muito claro que as ações de prevenção elas têm que ocorrer nessa relação dos três pilares”, acrescentou Barcellos. 

O IX Fórum das Comissões Nacional e Regionais de Saúde Pública Veterinária do Sistema CFMV/CRMVs fechou a programação do terceiro dia. Na ocasião, foram discutidas as propostas de diretrizes para a 17ª Conferência Nacional de Saúde, as quais irão compor a Carta de São Paulo. A meta é somar esforços da representatividade de médicos-veterinários das 27 unidades federadas e reunir propostas exequíveis de saúde única para a política nacional de saúde.