CRMV-RS
CRMV-RS


1º Seminário Brasileiro de Raças Autóctones debate ovinos nativos do Brasil
08-09-2021

A importância da preservação das raças ovinas nativas do Brasil foi o tema do 1º Seminário Brasileiro de Raças Autóctones, realizado nesta quarta-feira (8), na Casa do Médico Veterinário do Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio, durante a 44ª Expointer. O evento foi promovido pelo Conselho Regional de Medicina Veterinária do Rio Grande do Sul (CRMV-RS), Embrapa Meio-Norte e Associação Brasileira de Criadores de Ovinos Crioulos (ABCOC).

 

“A semente desse evento foi plantada na Expointer de 2019, enquanto conversávamos sobre a importância cultural e a sustentabilidade dos sistemas de produção”, explica a presidente do CRMV-RS, Lisandra Dornelles. O seminário virtual contou com a participação de pesquisadores e produtores de vários estados brasileiros e também de Portugal e da Espanha.

 

As raças de ovinos autóctones são descendentes dos animais trazidos pelos colonizadores portugueses e que se adaptaram, ao longos dos séculos, às condições de vários habitats brasileiros. Entre as principais raças, estão a Ovelha Crioula, Santa Inês, Pantaneiro e Morada Nova, além de Bergamácia Brasileira, Rabo Largo, Somális Brasileira e Cariri. No entanto, muitas ainda não possuem reconhecimento oficial.

 

“Essas raças respondem diferentemente à nossa vegetação e tipos de solos,  são rústicas, longevas, e tem baixo custo de criação. Podem atender a um mercado que hoje exige carcaças menores, tendo em vista as mudanças nos padrões de consumo das famílias modernas”, afirmou Gilson Rudinei Pires Moreira, professor do Instituto de Biociências da UFRGS e presidente eleito da ABCOC.

 

“A maior vantagem dessas raças é que são animais que possuem um sistema de produção sustentável, oferecendo alimento seguro e com valor cultural e social para os consumidores”, afirma o médico veterinário Anísio Ferreira Lima Neto, chefe-geral da Embrapa Meio-Norte e presidente do CRMV do Piauí.

 

Para o presidente eleito da ABCOC, o seminário é um marco, pois promove um encontro entre produtores e instituições de ensino e pesquisa com interesses em comum no desenvolvimento e conservação e melhoramento dessas raças. “Nosso objetivo não é transformá-las, mas dar condições para que tenham valor produtivo”, destacou Moreira.

 

“O CRMV-RS está de parabéns pela realização deste evento. É uma forma de resgatar a cultura e história de nossas sociedades, interagindo com a ciência e valorizando as profissões que a fazem”, afirma Lima Neto, da Embrapa Meio-Norte e CRMV-PI.





Conselho Regional de Medicina Veterinária do Rio Grande do Sul
Rua Ramiro Barcelos, 1793/201 - B. Bom Fim - Porto Alegre/RS - CEP: 90035-006
Fone:(51) 21040566 - crmvrs@crmvrs.gov.br