CRMV-RS
CRMV-RS


CRMV-RS lança campanha sobre Terapias Integrativas na Medicina Veterinária
09-10-2019

Cada vez mais, tutores têm procurado terapias integrativas para melhorar a qualidade de vida e encontrar recursos terapêuticos para diversas doenças de seus animais. Tratamentos com acupuntura e homeopatia, reconhecidas como especialidade do médico veterinário, estão entre as mais conhecidas do público. No entanto, há diversas práticas disponíveis, entre elas Terapia Neural e Ozonioterapia; além de Fitoterapia, Antroposofia, Osteopatia, Quiropraxia, Reflexoterapia, Reiki, Aromaterapia, Constelação familiar, Cromoterapia, Terapia de Florais, Termalismo, Ayurveda, Musicoterapia, Naturopatia, Shantala, Apiterapia, Geoterapia. “A Comissão de Medicina Veterinária Integrativa do CRMV-RS trabalha para mostrar a eficácia e a importância dessas terapêuticas”, afirma Lisandra Dornelles, presidente do Conselho Regional de Medicina Veterinária do Rio Grande do Sul (CRMV-RS), ao destacar o lançamento da campanha “Terapias Integrativas”.

De acordo com o Ministério da Saúde, evidências científicas têm mostrado os benefícios do tratamento integrado entre técnicas convencionais e práticas integrativas para prevenir ou tratar diversas doenças. As Terapias Integrativas não substituem o tratamento tradicional. Elas são aplicadas de forma complementar no tratamento e indicadas por médicos veterinários capacitados de acordo com as necessidades de cada caso. A atuação multidisciplinar busca trabalhar em prol do bem-estar, qualidade de vida e produtividade das diferentes espécies, sejam animais de companhia, de produção ou silvestres.

As artes, nos formatos A4 para impressão e para compartilhar em redes sociais, estão disponíveis para download gratuito no link https://bit.ly/3215DTl. São oito peças que trazem informações fundamentais para conhecer algumas das terapias e como funcionam. O conteúdo baseia-se em informações oficiais do Ministério da Saúde e de estudos da Comissão de Medicina Veterinária Integrativa do CRMV-RS, e destaca a importância de médicos veterinários para a manutenção da saúde única. 

“No dia a dia do profissional, percebemos que a medicina convencional é limitada e que está faltando algo para melhorar a qualidade de vida do paciente. Se falamos em animais de companhia, na melhoria da produção ou redução de dinheiro investido em tratamentos para os animais de produção, um exemplo simples aqui é a redução de uso de antibiótico em mamites para os produtores de leite, mas serão os inúmeros exemplos a serem citados”, explica a médica veterinária Elisandra Pezzetta, coordenadora da Comissão de Medicina Veterinária Integrativa do CRMV-RS.


Conheça algumas das terapias

Homeopatia
A Homeopatia busca o equilíbrio do paciente com o ambiente em que vive. Tem sido cada vez mais usada no tratamento de distúrbios comportamentais, que são cada vez mais recorrentes em clínicas veterinárias. O tratamento segue a lei dos semelhantes, ou seja, os medicamentos prescritos induzem sintomas similares àqueles causados pela doença, como se fosse um antídoto que dá ao organismo condições de combater a enfermidade. Essa ação ocorre no indivíduo como um todo, e não apenas de forma pontual (no foco da doença). 

Acupuntura
A Acupuntura é uma prática milenar que consiste na estimulação de pontos específicos localizados na superfície do corpo capazes de estimular a liberação de substâncias analgésicas. A doença surge quando esse fluxo está em desequilíbrio ou interrompido. A energia estagnada pode causar dor, desconforto ou desenvolver patologias mais graves, como o câncer. Ao transportar a energia pelo organismo, a Acupuntura tem mostrado ótimos resultados, como por exemplo, no tratamento de enfermidades neurológicas, imunológicas, dermatológicas, comportamentais e na melhora geral da qualidade de vida dos pacientes.

Terapia Neural 
Medicina energética que atua sobre o sistema nervoso autônomo, leva em conta o indivíduo como um todo, e não a doença de forma separada. São beneficiados animais de todas as espécies com as mais diferentes patologias,  tais como insuficiência renal, hepática,  cardíaca,  alterações ortopédicas e controle da dor, entre outras. O médico veterinário realiza o exame clínico e uma entrevista com o tutor para conhecer especificamente aquele indivíduo e, com o uso da Terapia Neural, ajude seu organismo a entrar em auto-regulação.

Ozonioterapia
Técnica que utiliza uma combinação de oxigênio e ozônio (ozônio medicinal). O ozônio tem propriedades bactericida, antisséptica, virucida e fungicida. Na clínica veterinária, utiliza-se o ozônio medicinal para tratamentos anti-inflamatórios, antissépticos, para modular o estresse oxidativo e o sistema imunológico, por exemplo.

Reiki
Prática terapêutica que utiliza a imposição das mãos para canalização da energia cósmica que busca energizar ou reequilibrar a energia vital de quem a recebe. Promove o bem-estar físico e mental. Objetiva fortalecer os locais onde se encontram bloqueios – “nós energéticos” – eliminando as toxinas, equilibrando o pleno funcionamento celular e restabelecendo o fluxo de energia vital, chamada de Qi. 

Cromoterapia
De acordo com a Física, cada cor emite um comprimento de onda que estimula as células. A Cromoterapia utiliza as cores do espectro solar para estabelecer o equilíbrio físico e energético do corpo. Classifica as cores em quentes (luminosas, com vibrações que causam sensações mais físicas e estimulantes – vermelho, laranja e amarelo) e frias (mais escuras, com vibrações mais sutis e calmantes – verde, azul, anil e violeta). A cor violeta é a de vibração mais alta no espectro de luz, com sua frequência atingindo as camadas mais sutis e elevadas do ser (campo astral).

Floral
É por meio da energia das flores que terapia reequilibra o organismo como um todo harmonizando o indivíduo. É utilizada em diferentes doenças tanto psíquicas como físicas ao aplicar essências derivadas das flores. A terapia de florais de Bach, criada pelo inglês Dr. Edward Bach (1886-1936), é o sistema precursor desta prática. Exemplos de outros sistemas de florais: australianos, californianos, de Minas, de Saint Germain, do cerrado, Joel Aleixo, Mystica, do Alaska, do Hawai.

Constelação Sistêmica Familiar
Uma nova visão sistêmica onde, por meio de um campo energético, há uma interação entre o tutor e o tutelado. Leva em conta como a história e as relações familiares influenciam as emoções e padrões de comportamento das pessoas e dos animais. Quando há um desequilíbrio neste campo, manifestam-se doenças, as quais podem ser tratadas por meio deste processo terapêutico. 

Quiropraxia
Prática terapêutica que atua no diagnóstico, tratamento e prevenção das disfunções mecânicas do sistema neuromusculoesquelético e seus efeitos na função normal do sistema nervoso e na saúde geral. Enfatiza o tratamento manual, como a terapia de tecidos moles e a manipulação articular ou "ajustamento", que conduz ajustes na coluna vertebral e outras partes do corpo, visando a correção de problemas posturais, o alívio da dor e favorecendo a capacidade natural do organismo de auto cura.

Aromaterapia
Prática terapêutica que utiliza as propriedades dos óleos essenciais, concentrados voláteis extraídos de vegetais, para recuperar o equilíbrio e a harmonia do organismo visando à promoção da saúde física e mental, ao bem-estar e à higiene. Com amplo uso individual e/ou coletivo, pode ser associada a outras práticas – como terapia de florais, cromoterapia, entre outras – e considerada uma possibilidade de intervenção que potencializa os resultados do tratamento adotado.





Conselho Regional de Medicina Veterinária do Rio Grande do Sul
Rua Ramiro Barcelos, 1793/201 - B. Bom Fim - Porto Alegre/RS - CEP: 90035-006
Fone:(51) 21040566 - crmvrs@crmvrs.gov.br