CRMV-RS
CRMV-RS


Pronto para ter um pet em casa? Confira as dicas que o CRMV-RS preparou!
13-02-2020

Quem leva um animal para casa, seja ele um bichinho de companhia ou de grande porte ou produção, precisa preparar o ambiente e a família para receber o novo integrante. O mais comum é a adoção de pets, especialmente cães, gatos e aves, mas também há quem opte por roedores, coelhos ou répteis, por exemplo. Não importa a espécie, de cavalos a porquinhos-da-índia, o fundamental é saber se você e sua família estão prontos para atender às necessidades de uma nova vida. Para ajudar, o Conselho Regional de Medicina Veterinária (CRMV-RS) preparou algumas dicas que podem ser úteis no preparo do ambiente que vai receber o animal e também de todas as pessoas envolvidas com ele.
Essas e outras dicas estão no site "Adote uma vida para alegrar a sua", iniciativa que integra a campanha Guarda Responsável do conselho gaúcho. O Adote uma vida também é um canal do CRMV-RS para auxiliar na adoção de animais.

Também pode participar do espaço, gratuitamente, toda pessoa que tiver um animal de qualquer espécie para doação. Basta preencher o formulário no botão Quero doar. O anúncio ficará disponível por 6 meses e poderá ser recadastrado. Quem está em busca de um pet pode conferir o perfil completo dos candidatos a um novo lar e dicas importantes de como estar preparado para ter um outro morador na casa.

E então, preparo para adotar?

Paciência na adaptação
Animais resgatados destinados à adoção normalmente passaram por experiências ruins – fome, sede, dor, doenças, brigas e até mesmo maus-tratos e envenenamento - nas ruas e chegam assustados. Mas com paciência, amor, dedicação e cuidados veterinários é possível dar a eles uma nova perspectiva, qualidade de vida e bem-estar. Isso exige um certo tempo. Leve tudo isso em conta. Não devolva o animal para quem o doou, isso só aumentará sua dificuldade de adaptação em um próximo lar. Tenha paciência. Essa adaptação pode não acontecer de um dia para o outro, mas ela ocorrerá, é só questão de tempo.

Família envolvida
A chegada de um novo integrante precisa envolver toda a família. É necessário que cada um esteja aberto à mudança de hábitos e das rotinas que chegam com o morador. É preciso ter espaço e tempo disponíveis para cuidar do animal e incluí-lo no orçamento doméstico, pois ele irá gerar custos com alimentação e serviços veterinários, e necessitará de acesso a lazer e atividade física, além, é claro, de muito carinho.

Cuidados para uma vida
Um animal de estimação vive, em média, 12 anos. Cães pequenos e gatos, por exemplo, podem passar dos 15 anos de idade. Papagaios vivem, em média, 80 anos.
Com a idade, doenças como câncer, problemas articulares e de coluna podem ocorrer, resultando em cirurgias ou tratamentos paliativos de alto custo. Por isso, é importante que todos esses episódios sejam levados em conta na hora de decidir por ter um pet.

Conheça as características da espécie
Ao decidir levar um bichinho para casa, é fundamental buscar informações a seu respeito. A falta de conhecimento é um dos principais motivos de abandono. Por isso, quanto mais se sabe a respeito da espécie que se pretende adotar, mais fácil tende a ser a adaptação.

Atenção à saúde
Todo animal requer atenção, de questões básicas, como oferecer comida de qualidade, água fresca e abrigo, a cuidados específicos. Vacinação, castração, higiene e combate a parasitas são essenciais, em especial para cães e gatos. Cachorros necessitam de tosa para garantir conforto e higiene. Telar as janelas do apartamento, para quem tem gatos, é fundamental. Procure informações sobre a espécie que pretende adotar para garantir seu bem-estar.

Dedicação e carinho
Quem decide adotar precisa, antes de tudo, dedicar tempo proporcional às necessidades da espécie escolhida, sem esquecer que amor e carinho são essenciais. Brincadeiras e exercícios garantem o bom desenvolvimento de cães e gatos, pois ajudam na socialização e evitam fugas e acidentes, como mordidas. Pequenos roedores ou peixes podem ser opções para quem dispõe de um período mais curto de atenção.





Conselho Regional de Medicina Veterinária do Rio Grande do Sul
Rua Ramiro Barcelos, 1793/201 - B. Bom Fim - Porto Alegre/RS - CEP: 90035-006
Fone:(51) 21040566 - crmvrs@crmvrs.gov.br