CRMV-RS
CRMV-RS


CRMV-RS recebe denúncia para averiguar conduta de médico veterinário 
17-09-2020

O Conselho Regional de Medicina Veterinária do Rio Grande do Sul (CRMV-RS) encaminhou nesta terça-feira (15) ofício à Promotoria de Justiça de São Francisco de Paula para conhecimento e providências cabíveis de suposta prática de crime ambiental e infração ética cometida por médico veterinário. O Conselho teve conhecimento do assunto depois de receber na última semana o relato da caso do 2º Pelotão de Polícia Ambiental de Canela.


De acordo com o documento, no dia 29 de agosto, durante uma operação conjunta entre o Pelotão Ambiental de Canela, o Grupo Ambiental de Taquara e técnicos do ICMBio, as guarnições encontraram no porta-malas de um automóvel cinco cães, de porte médio a grande, duas espingardas, uma mochila e uma cabeça de javali. Durante a inspeção das armas, apesar de não haver nenhuma irregularidades com as elas, constatou-se o mau acondicionamento dos animais, sendo que três dos cincos cães apresentavam lesões severas na pele, abatimento e pouco peso. Em relação a caça de javalis, verificou-se que os envolvidos possuíam todas as condições em dia para tal ação.


Diante da abordagem por suposta prática de maus-tratos envolvendo os cães, as autoridades determinaram que os animais fossem encaminhados a um médico veterinário a fim de averiguar as suas condições físicas e assim atestar um possível caso de negligência. Após o envio do laudo feito pelo profissional, constatou-se que não condizia com as condições em que os animas foram localizados. No parecer do médico veterinário, ele afirma que não havia lesões profundas nos cães e nem a necessidade de tratamentos aprofundados, devendo, assim, esperar a cicatrização das feridas.


Por não condizer com o que as autoridades haviam encontrado, foi solicitado perícia indireta que afirmou que a forma de transporte dos animais no ato da abordagem, em local confinado e junto com uma carcaça de javali não atende as condições legais e técnicas para tais manejos, além de confirmarem a ocorrência de maus-tratos e as lesões graves que haviam sido observadas anteriormente.


O Conselho reforça que está atento aos casos que envolvem conduta ética e moral dos médicos veterinários e irá avaliar todos os documentos e constatações que recebeu. No ofício enviado à Promotoria de Justiça, o CRMV-RS reafirma seu compromisso com as questões ligadas à Medicina Veterinária e informa que, avaliada a conduta do profissional, o mesmo estará sujeito à possível instauração de Processo Ético Profissional.





Conselho Regional de Medicina Veterinária do Rio Grande do Sul
Rua Ramiro Barcelos, 1793/201 - B. Bom Fim - Porto Alegre/RS - CEP: 90035-006
Fone:(51) 21040566 - crmvrs@crmvrs.gov.br