CRMV-RS








Comissão de Agronegócio, Empreendedorismo e Extensão Rural


 

A Comissão de Agronegócio e Empreendedorismo foi instituída em função das seguintes justificativas:
- a importância do agronegócio para a economia brasileira e para o mundo;

- a demanda da população em relação à produção de alimentos e outros produtos de origem animal no Brasil e no mundo;

- as novas diretrizes impostas pelo mercado e pela sociedade em relações comerciais, de bem-estar animal, barreiras sanitárias, entre outros;

- a relação e papel fundamental dos profissionais veterinários e zootecnistas neste setor;

- a necessidade de suporte técnico dos médicos veterinários e zootecnistas, como parte essencial na produção e nos controles do setor do agronegócio;

- a importância de estimular o empreendedorismo nas áreas de atuação da Medicina Veterinária e Zootecnia;

- a necessidade e valorizar o empreendedorismo em todas as atividades ligadas a medicina veterinária e zootecnia;

- o empreendedorismo pode levar a um incremento de renda para os profissionais da medicina veterinária e zootecnia.

 

Objetivos:
- servir com órgão de consulta e assessoramento técnico da diretoria do CRMV/RS em questões relacionadas ao Agronegócio e Empreendedorismo;

- promover reuniões periódicas e contribuir para o debate acerca de temas relevantes aos assuntos;

- identificar as demandas a partir de consultas a coordenadores e suas equipes de trabalho;

- garantir encaminhamento e solução de demandas em Agronegócio e Empreendedorismo dos nossos associados;

- acompanhar os assuntos ligados ao Agronegócio, vinculados à Medicina Veterinária e Zootecnia;

- orientar os inscritos sobre novas tecnologias, pesquisas, dados relevantes, etc, que auxiliem no gerenciamento do Agronegócio,

- planejar debates sobre temas atuais em Medicina Veterinária, principalmente temas ligados ao empreendedorismo e Agronegócio.

 

 Integrantes 

- Méd. Vet. Rogério Gutierrez Oliveira CRMV/RS 04484 - Coordenador

- Méd. Vet. Eduardo Amato Benhard CRMV/RS 06174 - Secretário

- Méd. Vet. Fernado Furtado Veloso CRMV/RS 07238

- Méd. Vet. Alejandra Muller CRMV/RS 05463

- Méd. Vet. Enio Luis Ribeiro de Brito CRMV/RS 06346

- Méd. Vet. Lorenzo Reuter Sperandio CRMV/RS 05477

- Méd. Vet. Eduardo Maschka Lucas CRMV/RS 06186

- Méd. Vet. Ângela Pernas Escosteguy CRMV/RS 01538

- Méd. Vet. Gustavo Krahl Vargas CRMV/RS 10378

- Méd. Vet. Marco Aurélio Machado CRMV/RS 04576

- Zoot. Davi T. dos Santos CRMV/RS 0922Z



CONTRIBUIÇÕES

25/10/2019

CRMV-RS participa de reunião com MAPA

Em reunião com o Superintendente Federal de Agricultura no Rio Grande do Sul, o médico veterinário Bernardo Todeschini, a presidente do Conselho de Medicina Veterinária do Rio Grande do Sul (CRMV-RS), Lisandra Dornelles, o Coordenador da Comissão de Agronegócio, Empreendedorismo e Extensão Rural do CRMV-RS, Rogério Gutierrez e o fiscal do CRMV-RS, Andrey Glasenapp trataram de assuntos referentes a uma ação estratégica em estabelecimentos de comércio de produtos de uso veterinário relacionados ao cumprimento de dispositivos do Decreto 5.053/2004.

 



18/10/2019

CRMV-RS orienta sobre o bem-estar das ovelhas com a tosquia

O Rio Grande do Sul registrou a morte de milhares de ovelhas nos últimos dias em decorrência da esquila dos animais em um período de mudança radical das condições climáticas. Ao todo, 2,7 mil animais morreram em propriedades da Fronteira Oeste do Estado, nas cidades de Quaraí, Alegrete e Uruguaiana, onde a sensação térmica chegou a 42 graus no sábado, dia 12 de outubro, e despencou para 5 graus nas madrugadas seguintes. A Comissão de Agronegócio, Empreendedorismo e Extensão Rural do Conselho Regional de Medicina Veterinária do Rio Grande do Sul (CRMV-RS) orienta aos produtores da importância de conferir a previsão do tempo antes de tosquiar as ovelhas.

 

A mudança de temperatura no fim de semana passado, por exemplo, estava sendo anunciada pelos serviços de meteorologia e, nesses casos, o procedimento deve ser evitado. “Mais do que o frio, é a combinação de vento e chuva, como a registrada, que faz com que os animais não consigam manter a temperatura e acabem morrendo”, explica o médico veterinário Eduardo Amato Bernhard, secretário da Comissão. Outra dica é molhar os animais logo depois da esquila. “Essa prática pode minimizar o choque térmico”, orienta.

 

A esquila é de fundamental importância para o bem-estar dos animais e de todo o rebanho. Ao contrário de cães e gatos, que trocam a pelagem de forma frequente, as ovelhas mantêm a mesma lã por toda vida. “Ovinos não tosquiados ficam com excesso de lã, o que requer mais esforço de mobilidade e gasto de energia dos animais”, destaca Bernhard. Além disso, a lã espessa prejudica a capacidade de regular a temperatura corporal, causa superaquecimento em períodos de calo, acumula sujeira e atrai insetos. Ao deixar de serem tosadas, as ovelhas podem sofrer ainda com problemas de queimaduras.

 

Bernhard lembra que as tosas são feitas em todas as épocas, depende do manejo de cada um e sua preferência, mas a concentração maior é na saída do inverno, entrada da primavera. Independentemente do período escolhido, o médico veterinário reforça a importância de acompanhar a previsão o tempo antes de fazer a tosquia. Para quem opta tosar antes do inverno, recomenda-se o uso de capas nos animais, que podem ser feitas com saco de ráfia (usados para armazenar ração e farelo) e devem estar limpos e bem lavados.

 

O Método Tally-Hi, também conhecido como tosquia australiana, é o mais recomendado. “Essa técnica permite a esquila das ovelhas de forma mais rápida que o método tradicional, proporcionando maior conforto para os animais e ganho de produtividade”, diz Bernhard, ao acrescentar que, com este método, o animal não precisa ser amarrado nem maneado em função da agilidade do processo. Por isso, o CRMV-RS recomenda a consulta a médicos veterinários ou zootecnistas habilitados, para garantir o bem-estar animal.

 

Assessoria de Comunicação do CRMV-RS
Texto: Nathália Bastos (assessora das comissões)
Edição: Cristine Pires (jornalista MTB-RS 7847)
Amanda Porterolla (designer gráfico)
Rafaela Santos (estagiária de Jornalismo)
Rosane Valenti (eventos)

 

Contatos:
(51) 2104-0577
assimprensa@crmvrs.gov.br
www.crmvrs.gov.br
www.facebook.com/crmvrs
https://twitter.com/crmvrs
https://www.instagram.com/crmvrs

 



29/04/2019

CRMV-RS apoia parceria entre UFRGS e a Prefeitura de Viamão

Uma ideia que partiu da Comissão do Agronegócio, Empreendedorismo e Extensão Rural do Conselho Regional de Medicina Veterinária do Rio Grande do Sul (CRMV-RS) começa a tomar forma. Um encontro entre representantes da Faculdade de Veterinária da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Favet/UFRGS) e da Prefeitura de Viamão, nesta quinta-feira, dia 18, deu início ao desenvolvimento de um Termo de Cooperação para levar as aulas práticas da faculdade, de diferentes áreas, para as propriedades do município. “Esta parceria vai auxiliar os produtores, levando tecnologia para os produtores rurais viamonenseses também o aprendizado prático dos alunos”, comemora o médico veterinário Rogério Gutierrez Oliveira, coordenador da comissão, que participou do encontro. Segundo ele, a iniciativa deverá viabilizar diversos projetos de cooperação, que se iniciam agora e não têm prazo para terminar.






SEDE - PORTO ALEGRE
Rua Ramiro Barcelos, 1793 / 201
Independência - Porto Alegre - RS
CEP: 90035-006
Fone: (51) 2104-0566
Email: crmvrs@crmvrs.gov.br
Das 8h às 17h sem fechar ao meio dia



UNIDADE DE ATENDIMENTO NO INTERIOR - PELOTAS
Rua Andrade Neves, 2077 / 402
Centro - Pelotas - RS
CEP: 96020-080
Fone: (53) 3227-0877
Email: pelotas@crmvrs.gov.br
Das 8h às 12h e das 13h às 16h
UNIDADE DE ATENDIMENTO NO INTERIOR - CAXIAS DO SUL
Avenida Júlio de Castilhos, 1259/1003
Centro - Caxias do Sul - RS
CEP: 95010-003
Fone: (51) 99465-0491
Email: caxiasdosul@crmvrs.gov.br
Das 8h às 12h e das 13h às 16h

UNIDADE DE ATENDIMENTO NO INTERIOR - SANTA MARIA
Alameda Antofogasta 77 / Sala 409
Santa Maria - RS
CEP: 97050-060
Fone: (55) 3223-6824
Email: santamaria@crmvrs.gov.br
Das 8h às 12h e das 13h às 16h
UNIDADE DE ATENDIMENTO NO INTERIOR - PASSO FUNDO
Rua Teixeira Soares, 1075/804
Centro - Passo Fundo - RS
CEP: 99010-140
Fone: (54) 3317-2121
Email: passofundo@crmvrs.gov.br
Das 8h às 12h e das 13h às 16h

UNIDADE DE ATENDIMENTO NO INTERIOR - BAGÉ
Rua Bento Gonçalves, 285/804
Centro - Bagé - RS
CEP: 96402-080
Fone: (51) 99180 8370
Email: bage@crmvrs.gov.br
Das 8h às 12h e das 13h às 16h