Na Semana Mundial da Alimentação, campanha do CRMV-RS destaca que a Pecuária Orgânica faz a diferença
12/10/2020

Mais de 150 países celebram, em ação coletiva, o Dia Mundial da Alimentação, comemorado em 16 de outubro. O evento, um dos dias mais importantes do calendário da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO), ganhou tamanha proporção que as atividades não se concentram mais em um único dia, e se espalham pela semana toda. O Conselho Regional de Medicina Veterinária do Rio Grande do Sul (CRMV- RS) se junta ao movimento que destaca a importância de garantir uma alimentação saudável para todos. E, neste contexto, a Pecuária Orgânica faz a diferença. Você já parou para pensar no significado de consumir um produto de origem animal produzido em sistema orgânico?

Consumir um produto de origem animal produzido em sistema orgânico tem muitos benefícios. Entre as vantagens nutricionais, comparando com produtos convencionais, estão níveis mais elevados de ácidos graxos Ômega-3 e ácido linoleico conjugado (CLA), de antioxidantes como luteína e a zeaxantina, de vitaminas A e E, além da ausência de insumos sintéticos e antibióticos no processo produtivo. 

O mais interessante é que a aquisição desses alimentos vai muito além, uma vez que contribui para a preservação de insetos (polinizadores ou não), moluscos, pássaros e toda uma cadeia da fauna local, para a manutenção de mananciais e nascentes e para a garantia do bem-estar animal. 

Então, lembre-se: tudo o que consumimos também é de nossa responsabilidade! 

Além de livres de agrotóxicos, antibióticos, hormônios e outros contaminantes no seu sistema de produção, os alimentos orgânicos também têm mostrado serem mais nutritivos que os convencionais, na maioria dos estudos comparativos.

Pesquisas comprovam que o leite orgânico é mais rico em nutrientes que beneficiam a saúde do que o convencional, pois contém mais antioxidantes, vitaminas e ômega 3. Isso ocorre porque a dieta das vacas criadas livres em pastagens orgânicas cultivadas sem fertilizantes químicos ou agrotóxicos, influencia a qualidade do leite.

O CRMV-RS destaca a importância de médicos veterinários e zootecnistas para a garantia da segurança alimentar e nutricional da população e dos animais. O trabalho desses profissionais contribui para a preservação da biodiversidade e de fontes renováveis, como a água. Todas essas práticas sustentáveis, voltadas ao produtor, ao consumidor, aos animais e ao ambiente são características da Pecuária Orgânica.

Confira a campanha no link facebook.com/media/set...